Mulheres excepcionais

terça-feira, 26 de junho de 2012

A Ciência é sexy?

Este vídeo foi feito pela União Europeia para promover as carreiras das mulheres em áreas científicas e tecnológicas. A Comissão explicou que o vídeo tinha de falar a linguagem das mulheres para atrair as suas atenções. Claro que um anúncio não pode ser maçador e tem de cativar a atenção. Mas o mundo científico é muito diferente daquele que aqui é retratado, de saltos altos e gloss, em poses glamourosas e de sedução. Organizações feministas, como a norte-americana Catalyst, afirmam que o anúncio perpetua os estereótipos. Para mim, a forma como o anúncio foi feito é, apenas, patético pela sua desadequação. As mulheres, como os homens, não investigam nem desenvolvem qualquer actividade profissional como se fossem para uma festa ou uma produção de moda. Em face de tanta polémica e do coro de críticas, o anúncio foi retirado. No ar encontram-se os testemunhos de mulheres cientistas de diferentes nacionalidades: menos marketing, mais mulheres de carne e osso. Qual a sua opinião?

quarta-feira, 20 de junho de 2012

A liga das extraordinárias

Noorjaham Akbar está na lista
"Toda a mudança carece de um agente". Por isso, a  revista Fast Company elegeu a lista das 60 mulheres extraordinárias e das organizações, com ou sem fins lucrativos, através das quais actuam nas causas que abraçaram. Por ordem alfabética, é encabeçada por Noorjahan Akbar, escritora e co-fundadora da Young Women for Change, que em Julho de 2011 liderou uma marcha em Cabul contra a violência perpetrada na rua contra mulheres e, ao abrigo do projecto Stories to Heal (histórias para curar), está a ensinar as crianças afegãs a usar a escrita criativa como um escape à dura realidade que enfrentam. Por tudo isto, é impossível não gostar de Noorjahan e desta iniciativa da Fast Company! No site da revista pode ficar a conhecer o trabalho desta liga das mulheres extraordinárias.

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Heróis do quotidiano

A Coca Cola produziu este anúncio, feito com imagens recolhidas por câmaras de segurança em todo o mundo. Desta vez, não vemos assaltos em bombas de gasoilina, mas antes boas acções, pessoas com valores e com coração que se preocupam com o próximo. Este vídeo deixa-nos mesmo mais bem dispostos, com mais esperança na humanidade. 

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Dar voz a pessoas no silêncio

video

A fotógrafa Monika Bujaj interessou-se pelas pessoas normais, aquelas que são o rosto do sofrimento, mas não têm voz. Capta imagens com tal sensibilidade que o resultado são autênticas obras de arte. Veja nesta curta conferência Ted as suas impressões sobre o Afeganistão e uma escola secreta para meninas, com 13 mil alunas que correm risco de vida por estudarem.